Technomar

Grupo Chouest inova serviços no B-Port

Na Rio Óleo e Gás, o Grupo Chouest apresentou a visão inovadora de serviços integrados na base de apoio offshore do B-Port, localizado do Porto do Açu, em São João da Barra, no norte do Estado do Rio de Janeiro. A Prumo Logística, controladora do Porto do Açu, apresenta a base de apoio marítimo como a maior do mundo. O Grupo Chouest confirma, são 600 mil metros quadrados de área. Nos EUA, as três bases de apoio offshore do grupo, na Louisiana (EUA), somam uma área maior. Mas o que torna o B-Port, empreendimento único no Brasil, é a visão inovadora de serviços integrados às petroleiras, a seus prestadores de serviços e aos armadores de navios de apoio marítimo que chegam à base para carregar os  suprimentos destinados às plataformas de produção offshore.

A estrutura de berços de atracação atualmente em operação é formada por seis slips (darsenas cobertas) e três berços ao longo do cais sul, sendo quatro slips e dois berços contratados pela Petrobrás. A expansão ocorrerá com a conclusão do estaqueamento e a dragagem para 11 metros do cais norte com 245 metros e mais três slips. A implantação do estaleiro de reparos da Navship prossegue com o estaqueamento e dragagem do dry-dock e finalização da construção do dique-flutuante para reparo de embarcações de até 140 metros de comprimento. Com início de operações previsto para o segundo semestre de 2019. Ao final das obras, serão disponibilizadas nove posições de atracação em slips e seis posições ao longo do caís para PSVs e MPSVs.

Essa estrutura tradicional de base de apoio é acrescida com os serviços integrados que garantem a sinergia e incluem a Bram Offshore, empresa do grupo que opera a maior frota de apoio marítimo no Brasil com 52 navios, do total de 368 atualmente no país, segundo a Abeam; a C-Innovation, especializada em soluções submarinas avançadas, incluindo ROVs e AUVs; Survey, construção e desenvolvimento de campo; Tank Clean, especializada em serviços de limpeza de tangues de água, diesel e fluidos, dutos de ar e silos, trabalho em espaço confinado e altura. O gerente operacional da Tank Clean, Daniel Moura, destaca que os serviços são executados no B-Port, incluindo o gerenciamento do resíduo, e na Baía de Guanabara a partir da base da Chouest em Guaxindiba - São Gonçalo; Marine Technologies (MT), que constrói, instala e gerencia sistemas de posicionamento dinâmico (DP), comando e controle de navegação das embarcações utilizando comunicação via satélite, por meio de parceria da operadora de satélite Intelsat com a C-Comm empresa do Grupo; Grand Isle Shipyard (GIS) - projetos, engenharia, manutenção e mão de obra para a indústria de óleo e gás e energia.

Bernardo Freitas, da área de desenvolvimento de negócios do Grupo Chouest, aponta a capacidade de prover uma solução integrada às operadoras a partir de um único prestador  de serviço. A compreensão é que as operadoras estão envolvidas em novos desafios no pré-sal nas Bacias de Santos, Campos e Espírito Santo e desejam soluções otimizadas e competitivas. A Chouest está no Brasil desde 1991, tendo grande expansão a partir de 2006 com o inicio das construções locais no estaleiro do Grupo, Navship, em Santa Catarina. Nesse período conquistou conhecimento sobre o mercado local compreendendo sua evolução e as necessidades da indústria.

A NFX, parceria entre a BP Marine e a Prumo Logística, disponibiliza na B-Port diesel marítimo desde 2017 a partir de tanques de armazenagem na retroárea da base que tem capacidade para até 40 mil metros cúbicos, incluindo 20 mil dedicados à Petrobras para o abastecimento dos navios em operação para a petroleira.

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec

 

Bombando

Error: No articles to display