Marintec Navalshore

Documento Eletrônico de Transporte (DT-e) é mais uma jabuticaba para elevar o Custo Brasil

Em análise na Câmara dos Deputados, Projeto de Lei 6093/19 – que implicará em gastos com planejamento e desenvolvimento de sistemas para adequação – direcionará para empresas privadas a geração e o controle de todas as operações de transporte, sem levar em conta os custos envolvidos, o sigilo das informações, a centralização e o direcionamento

Existe um movimento, um tanto temerário – por parte de grupos vinculados ao transporte de cargas e alguns agentes financeiros –, visando impor novas normas ao segmento do transporte de coisas em todo o território nacional. Ou seja: a todo e qualquer transporte de cargas (rodoviário, aéreo, ferroviário, dutoviário, aquaviário, etc.), em que empresas privadas passariam a gerar e homologar o Documento Eletrônico de Transporte (DT-e).

Restrito a assinantes