Navalshore

Chegou 2017

Por Ivan Leão
Começou 2017
• Ainda é novembro, mas já se abrem as cortinas para os cenários do ano que chega. Há esperança de que as petroleiras internacionais contribuam para a demanda de plataformas de produção. Some-se a expectativa às contratações anunciadas pela Petrobras para 19 plataformas, inclusive as licitações já lançadas de Libra e Sépia, e o resultado pode ser a confirmação da previsão da Douglas-Westwood de que o Brasil será o maior mercado para FPSOs, nos próximos anos.

Investimentos anunciados pela Shell, no Parque das Conchas, da Statoil, com a aquisição de parte substancial do campo de Carcará, demonstram que as reservas de petróleo brasileiras são atraentes. A preocupação é com o volume de contratos na indústria local.

Registre-se para ler mais...


Pesa

        Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios